Início » Peixes » Tambaqui peixe: Características, reprodução, alimentação, habitat e tipos de iscas

Tambaqui peixe: Características, reprodução, alimentação, habitat e tipos de iscas

O tambaqui (Colossoma macropomum) é uma grande espécie de peixe de água doce da família Serrasalmidae. Além disso, esta espécie de peixe é nativa da América do Sul tropical, mas mantida na aquicultura e introduzida em outros lugares.

Hoje no blog do pescador vamos trazer aos nosso leitores algumas característica deste maravilho peixe.

O peixe tambaqui é conhecido pelos nomes pacu preto, pacu preto nas barbatanas, pacu, Cachama, Gamitana.

O tambaqui é atualmente o único membro de Colossoma, mas as espécies Piaractus também foram incluídas neste gênero no passado.

Características do tambaqui:

Peixe Tambaqui: Características, reprodução, alimentação, habitat e tipos de iscas
Peixe Tambaqui

O tambaqui geralmente possui uma coloração parda na metade superior e preta na metade inferior do corpo, mas pode variar para mais clara ou mais escura dependendo da cor da água.

Este peixe também tem a boca pequena com dentes fortes e pode alcançar cerca de 110 cm de comprimento total.

Além disso, a principal característica dessa espécie de peixe é a sua imensa facilidade de se adaptar a diferentes condições de desenvolvimento.

A espécie é de origem de águas doces tropicais, apresentando poucos cuidados necessários para a sua sobrevivência.

Além disso, o tambaqui é muito apreciado na culinária, o que faz com que a sua procura seja alta. Proporcionalmente, os valores de venda também se mostram muito interessantes aos aquicultores.

O desenvolvimento do tambaqui:

Tambaqui peixe: Características, reprodução, alimentação, habitat e tipos de iscas
Tambaqui peixe

O ciclo de criação de tambaqui varia de acordo com o sistema utilizado. Além disso, a lotação das unidades de produção peixes, por exemplo, também é um fator que interfere diretamente no tempo de engorda.

A temperatura da água,  estratégia e o manejo alimentar são  cuidados dispensados para a manutenção da qualidade da água também têm reflexo direto na duração desse período.

Além disso, é possível estimar que o ciclo dure entre 8 a 12 meses, desenvolvendo os peixes que atingirão de 1 a 3 kg durante esse período de engorda.

Nas criações de 18 meses, os tambaquis podem ultrapassar os 2 kg.

Reprodução do peixe tambaqui:

TAMBAQUI SELVAGEM
TAMBAQUI SELVAGEM / canal no You tube Johnny Hoffmann

Na época da reprodução o peixe tambaqui abandona os lagos e migram para os rios, onde machos e fêmeas se encontram e realizam os acasalamentos e a reprodução.

Alimentação:

O Tambaqui é um peixe omnívoro, que se alimenta de insetos, frutos, raízes, algas, plâncton, pequenos peixes sementes de castanheiras e de palmeiras,

Curiosidades:

Além disso, o tambaqui é um peixe que alcança cerca de 110 cm de comprimento total. Antigamente eram capturados exemplares com até 45 quilos.

Hoje, por causa da sobre pesca, quase não existem peixe tambaqui desse porte.

Habitat:

Esta espécie de peixes  vivem em florestas alagadas de rios de águas claras e escuras.

Eles permanecem lá por quatro a sete meses durante a estação das cheias.

Mas conforme o nível da água cai, eles se movem para os canais principais dos rios ou, em menor extensão, para os lagos da planície de inundação

Onde encontrar o peixe tambaqui:

Tambaqui peixe: Características, reprodução, alimentação, habitat e tipos de iscas
Onde encontrar o peixe tambaqui

O peixe tambaqui abita matas inundadas é uma espécie distribuída na região Norte, além dos Estados de Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Minas Gerais e Paraná.

Igapó ou igarapé
Igapó ou igarapé

 

Igapó ou igarapé
Igapó ou igarapé

 

Igapó ou igarapé
Igapó ou igarapé

 

Igapó ou igarapé
Igapó ou igarapé

 

Igapó ou igarapé
Igapó ou igarapé

Dicas para pesca do peixe tambaqui:

TAMBAQUI
TAMBAQUI – Rio Teles Pires / Mato Grosso (Mariana Braga)

Há como pescar tambaqui em diversas formas, e em todos os casos é necessário escolher o sistema com cautela. Confira, a seguir, algumas dicas para pesca do peixe tambaqui.

1. Pesca com boias:

Para pescar um tambaqui na superfície, você pode usar as boias do tipo torpedo ou cevadeira, de acordo com sua preferência.

Para as iscas, é recomendado optar pelas naturais, como pão boiando, salsicha, pão de queijo e geleia de mocotó.

Além disso, a fisga também é uma questão de perfil. Muitos pescadores preferem os tipos manhosinha ou anteninha, que são muito efetivas para essa espécie de peixe, ou apenas os anzóis comuns, como maruseigo e chinu.

Se o peixe tambaqui  estiver muito dificil de pescar, você pode pegá-lo por meio do sistema palminho, também conhecido como boinha-boião.

Portanto, basta montar uma boia de isopor a cerca de um palmo do anzol, quando o peixe estiver subindo para alcançar a ração da boia, você conseguirá pesca-lo.

2. Pesca com anzol:

Para quando o peixe não está nem tão fundo, nem tão raso, a pesca ideal para se utilizar é com anzol. Para isso, monte o anzol a uma distância entre 40 centímetros e 1 metro da cevadeira.

Quando jogar o anzol com a iscar, o tambaqui será atraído pela movimentação na superfície e morderá a isca durante a subida.

Além disso, as iscas que podem ser utilizadas são rações, lesmas e frutos.

 

Sensacional essa pescaria do canal do Johnny Hoffmann.

Tipos de iscas para pescar o peixe Tambaqui:

Tambaqui peixe: Características, reprodução, alimentação, habitat e tipos de iscas
Tambaqui peixe

As melhores iscas para pescar o peixe tambaqui são beijinhos, lesmas, minhocuçus, fígado, tilápia, goiaba, entre muitas outras.

Além disso, é recomendado ter sempre ração ou massa como curinga, já que costumam ser muito atrativas aos peixes dessa espécie.

Receitas com tambaqui

Caldeirada de tambaqui

como fazer Caldeirada de tambaqui
como fazer Caldeirada de tambaqui

Ingredientes:

  • 1 kg de tambaqui (pode ser só costela ou só lombo ou os dois)
  • 1 maço de cheiro verde (coentro) picadinho
  • 1 maço de cebolinha picadinha
  • 3 cebolas cortadas igual ao tomate
  • 15 pimentas de cheiro sem sementes e cortadas no meio (se preferir)
  • 3 tomates sem sementes cortados em 4 partes
  • 1 colher de sobremesa de vinagre
  • Colorau (colorifico) ou massa de tomate à gosto, mas o suficiente para dar uma corzinha ao caldo
  • Azeite de oliva a gosto
  • Limão para preparar o peixe
  • Sal a gosto

Como fazer:

  1. No dia anterior, lave bem o peixe com água fria.
  2. Coloque-o em uma vasilha banhando-o com sumo (caldo) de limão e sal, tampe a vasilha e coloque na geladeira.
  3. No dia seguinte, passe o peixe apenas uma vez na água para tirar o excesso do limão e do sal.
  4. Em uma penela grande, coloque o peixe, o tomate, a cebola, a pimenta de cheiro e parte do coentro e da cebolinha.
  5. Coloque agua o suficiente para cobrir o peixe.
  6. Acrescente o azeite à gosto, 1 colher de sobremesa de vinagre e o coloral ou extrato de tomate.
  7. Coloque o sal aos poucos, pois durante a fervura o sal que está no peixe vai soltando no caldo.
  8. Ferva por aproximadamente 20 minutos.
  9. Após os 20 minutos, apague o fogo, coloque o resto do coentro e da cebolinha e sirva a seguir.

Essa caldeirada pode ser acompanhada de arroz branco.

Tambaqui Assado

Peixe tambaqui assado no forno

Como limpar e tirar o filé do tambaqui

O Tambaqui é um peixe muito popular e consumido no brasil e no mundo. como mencionamos ele tem características com corpo romboidal, alto, achatado e serrilhado no peito.

A sua coloração é parda, na metade superior, e preta, na metade inferior do corpo, mas pode variar para mais clara ou mais escura dependendo da cor da água. Tem a carne bastante apreciada.

Pode alcançar 90 cm de comprimento e atingir 30 Kg.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.